The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
AOS MEMBROS DE UMA DELEGAÇÃO 
DA MACEDÓNIA POR OCASIÃO DA FESTA 
DOS SANTOS CIRILO E METÓDIO

23 de Maio de 2003

 

Estimado Senhor Primeiro-Ministro
Ilustres Amigos

A festa dos Santos Cirilo e Metódio, trouxe-vos uma vez mais a Roma, onde as relíquias de São Cirilo estão conservadas, e é com prazer que vos saúdo. Agradeço ao Presidente do Governo da ex-República Jugoslava da Macedónia as suas amáveis palavras e os seus bons votos. A minha ardente oração é para que o vosso País seja revigorado cada vez mais no seu compromisso em favor da unidade e da solidariedade, ideais que os Santos irmãos de Salonica encarnaram de maneira muito eficaz na sua vida dedicada ao anúncio da fé cristã.

Durante a sua vida terrestre, estes dois Santos constituíram pontes de ligação entre o Oriente e o Ocidente. Através dos valores ensinados e do exemplo dado, eles uniram culturas e tradições diferentes numa rica herança destinada a toda a família humana. Com efeito, o seu testemunho de vida revela uma verdade antiquíssima, que o mundo do terceiro milénio deve voltar a descobrir com urgência: só na caridade e na justiça é que a paz pode tornar-se uma realidade que inclua todos os corações humanos, ultrapassando o ódio e vencendo o mal com o bem. Esta caridade e esta justiça tornam-se realidades tangíveis quando as pessoas de boa vontade, em todas as regiões do mundo, se dedicam, como Cirilo e Metódio, sem hesitações "à causa da reconciliação, da convivência amistosa, do desenvolvimento humano e do respeito da dignidade intrínseca de todas as nações" (Carta Encíclica Slavorum Apostoli, 1).

Senhoras e Senhores, esta peregrinação anual a Roma não constitui apenas uma homenagem a São Cirilo, mas é também um testemunho dos vínculos de amizade existentes entre a vossa Nação e a Igreja católica. Encorajo-vos a fazer com que estes laços se tornem cada vez mais fortes, sobretudo nas vossas comunidades locais, produzindo deste modo frutos de maior boa vontade e atitudes de cooperação mais decididas, em relação à Igreja católica que está no vosso País. Oxalá Deus Omnipotente cumule a vossa mente e o vosso coração com a sua paz, e posssa abençoar abundantemente o povo da ex-República Jugoslava da Macedónia.

 

© Copyright 2003 - Libreria Editrice Vaticana

 

top