The Holy See
back up
Search
riga

 MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II
POR OCASIÃO DA CONVOCAÇÃO NACIONAL
DOS MOVIMENTOS E COMUNIDADES
 DA RENOVAÇÃO NO ESPÍRITO 

 

 

Ao Venerado Irmão D. MARIANO DE NICOLÒ
Bispo de Rímini

1. Também este ano, me apraz dirigir-lhe a minha cordial saudação, e por seu intermédio, a quantos participam na Convocação nacional dos grupos e das comunidades da Renovação no Espírito, que se realiza nessa cidade de Rímini, de 29 de Abril a 2 de Maio. O tema "Com efeito, vou criar novos céus e nova terra; alegrai-vos e regozijai-vos para sempre com aquilo que estou para criar" (Is 65, 17-18) ajuda a contemplar o grande mistério da alegria cristã. Convido cada um de vós a recitar a oração conclusiva  da  Exortação  Apostólica Christifideles laici, na qual pedi à "Virgem do Magnificat":  "Ensina-nos a tratar as realidades do mundo com vivo sentido de responsabilidade cristã e na alegre esperança da vinda do Reino de Deus, dos novos céus e da nova terra" (n. 64). Os encontros dos grupos e das comunidades da Renovação no Espírito, se forem verdadeiramente animados pela presença do Espírito do Senhor, sobretudo quando culminam na celebração da Eucaristia, são acontecimentos nos quais "se abre sobre a terra uma fresta de Céu e eleva-se da comunidade dos crentes, em sintonia com o canto da Jerusalém celeste, um perene hino de louvor" (cf. Spiritus et sponsa, 16), que "une o céu e a terra" (cf. Ecclesia de Eucharistia, 8, 19).

2. O Espírito Santo não deixará de enriquecer o testemunho de cada um com os "dons espirituais e os carismas que Ele concede à Igreja" (cf. Audiência geral de 27 de Fevereiro de 1991). Entre estes carismas, têm importância peculiar "aqueles que servem para a plenitude da vida espiritual", estimulando "o gosto pela oração", gosto que não exclui "a experiência do silêncio" (cf. Spiritus et sponsa, 13-14). "É uma gama vastíssima de carismas, com os quais o Espírito Santo comunica à Igreja a sua caridade e santidade" (Audiência geral de 27 de Fevereiro de 1991), que será para vós, caríssimos Irmãos e Irmãs, que participais no encontro, estímulo para difundir o amor a Cristo e à sua Igreja, "única Mãe sobre a terra" (cf. Pastores gregis, 13), e para enaltecer o louvor a Deus, sob a guia dos vossos Pastores, nos "espaços de criatividade e de adaptação que a tornam próxima das exigências expressivas das várias regiões, situações e culturas" (cf. Spiritus et sponsa, 15).

3. Desejo de coração que a Renovação no Espírito Santo suscite cada vez mais na Igreja a conversão interior sem a qual dificilmente o homem pode resistir às tentações da carne e à concupiscência do mundo. O nosso tempo tem grande necessidade de homens e mulheres que, como raios de luz, saibam comunicar o fascínio do Evangelho e a beleza da vida nova no Espírito. Com a força irresistível da oração de louvor e a graça abundante da vida sacramental, o Espírito comunica incessantemente os seus carismas à Comunidade eclesial, para que seja constantemente embelezada e edificada.

Contudo, é necessário corresponder ao Evangelho de Cristo com a audácia da fé, que é mãe de todos os milagres de amor, e com aquela sólida confiança que nos faz suplicar a Deus todo o bem para a salvação das nossas almas. Portanto, cada um, como verdadeiro discípulo de Jesus, deve aplicar-se sem descanso no seguimento dos seus ensinamentos, tornando o próprio caminho de renovação espiritual uma escola permanente de conversão e de santidade.

4. Ser testemunhas das "razões do Espírito":  esta é a vossa missão, caros membros da Renovação no Espírito Santo, numa sociedade onde com frequencia a razão humana parece não não estar impregnada com a sabedoria que vem do Alto. Ponde no ânimo dos crentes que participam nas actividades dos vossos grupos e das vossas comunidades, uma semente de esperança fecunda na dedicação quotidiana de cada um às próprias tarefas.

Como escrevi na Encíclica sobre a Eucaristia "se a visão cristã leva a olhar para o novo céu e para a nova terra" (cf. Ap 21, 1), isso não enfraquece, antes estimula o nosso sentido de responsabilidade pela terra presente"; deve fazer com que nos sintamos "ainda mais decididos a não descurar os deveres de cidadãos terrenos". Dessa maneira podereis contribuir para "a edificação de um mundo à medida do homem e plenamente conforme com o desígnio de Deus" (Ecclesia de Eucharistia, 20).

A Virgem Maria, presente com os Apóstolos no Cenáculo na expectativa do Pentecostes, acompanhe os trabalhos do vosso Congresso. Da minha parte, garanto-vos uma especial lembrança na oração, enquanto envio a todos a minha Bênção.

Vaticano, 29 de Abril de 2004, Festa de Santa Catarina de Sena, Padroeira da Itália e da Europa.

 

 

 

top