The Holy See
back up
Search
riga

PEREGRINAÇÃO DO PAPA JOÃO PAULO II
AO SANTUÁRIO DE  LOURDES

PALAVRAS DO SANTO PADRE
NA INTRODUÇÃO À RECITAÇÃO DO ROSÁRIO

Lourdes, 14 de Agosto de 2004

 

Queridos Irmãos e Irmãs

1. Ajoelhando-me aqui, junto da gruta de Massabielle, sinto com emoção ter chegado ao fim da minha peregrinação. Esta gruta, onde apareceu Maria, é o coração de Lourdes. Ela faz pensar na gruta do monte Horeb onde Elias encontra o Senhor que lhe fala no "sopro de uma brisa leve" (1 Rs 19, 12).

Aqui, a Virgem convida Bernadete a recitar o Rosário desfiando ela mesma as contas. Esta gruta tornou-se, assim, a sede de uma admirável escola de oração, onde Maria ensina a todos a contemplar com um fervoroso amor o rosto de Cristo.

Eis porque Lourdes é o lugar onde os fiéisdaFrançaedeoutrasnações da Europa e de todo o mundo rezam, de joelhos.

2. Peregrinos a Lourdes, queremos também nós, esta tarde, rezando com a Virgem, percorrer novamente os "mistérios" através dos quais Jesus se manifesta "como luz do mundo". Lembremo-nos da sua promessa: "Aquele que me segue não andará nas trevas mas terá a luz da vida" (Jo 8, 12).

Da humilde serva do Senhor, queremos aprender a disponibilidade dócil para a escuta e o comprometimento generoso para acolher, na nossa vida, o ensinamento de Cristo.

Particularmente, meditando a participação da Mãe do Senhor na missão redentora do seu Filho, convido-vos a rezar pelas vocações para o sacerdócio e para a virgindade pelo Reino de Deus para que estes que são chamados saibam responder com disponibilidade e perseverança.

3. Olhando para a Santíssima Virgem Maria, digamos com Bernadete: "Minha boa Mãe, tende piedade de mim; eu me entrego inteiramente a vós para que me entregueis ao vosso querido Filho a quem eu quero amar de todo o meu coração. Minha boa Mãe, dai-me um coração fervoroso por Jesus".

ORAÇÃO FINAL DIANTE
DA BASÍLICA DO ROSÁRIO DE LOURDES

 

Ave Maria,
Mulher pobre e humilde,
abençoada do Altíssimo!

Virgem da esperança,
profecia dos novos tempos,
nós nos associamos
ao teu hino de louvor
para celebrar
as misericórdias
do Senhor,
para anunciar
a vinda do Reino
e a libertação
integral do homem.

Ave Maria,
humilde serva do Senhor,
gloriosa Mãe de Cristo!
Virgem fiel,
santa morada do Verbo,
ensina-nos a perseverar
na escuta da Palavra,
a ser dóceis à voz do Espírito,
atentos aos seus apelos
na intimidade da nossa consciência
e às suas manifestações
nos acontecimentos da história.

Ave Maria,
Mulher da dor, Mãe dos viventes!

Virgem esposa junto da cruz,
nova Eva, sê nossa guia
pelos caminhos do mundo,
ensina-nos a viver e a propagar
o amor de Cristo,
ensina-nos a permanecer contigo,
junto das numerosas cruzes
nas quais teu Filho
ainda é crucificado.

Ave Maria,
Mulher de fé,
primeira entre os discípulos!

Virgem, Mãe da Igreja,
ajuda-nos a dizer sempre a razão
da esperança que nos anima,
tendo confiança na bondade
do homem e no amor do Pai.

Ensina-nos a construir o mundo
a partir do interior: na profundidade
do silêncio e da oração,
da alegria do amor fraterno,
na fecundidade insubstituível
da Cruz.

Santa Maria, mãe dos crentes,
Nossa Senhora de Lourdes,
intercede por nós.

Amém.

 

© Copyright 2004 - Libreria Editrice Vaticana

 

top