The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
À FEDERAÇÃO ITALIANA
DOS SEMANÁRIOS CATÓLICOS

Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2004

Caríssimos Irmãos e Irmãs!

1. Sinto-me feliz por vos receber, por ocasião da trienal Assembleia da Federação Italiana dos Semanais Católicos. Saúdo cordialmente todos vós, que representais os cerca de 150 jornais diocesanos, os vossos colaboradores, e faço o meu cordial pensamento extensivo a todos os vossos leitores. De modo particular saúdo o vosso Presidente, Rev.mo Mons. Vincenzo Rini, e agradeço-lhe as palavras que me dirigiu em vosso nome.

2. Graças a Deus a Itália possui uma rica tradição de semanais católicos, com luminosas figuras de sacerdotes e leigos, que marcaram a sua história. Entre eles, gostaria de recordar Mons. Andrea Spada, por vós bem conhecido, que veio a faltar precisamente nestes dias. O contributo de jornalistas católicos manifesta-se ser também hoje precioso como nunca a nível quer pastoral quer cultural e social.

Eles oferecem, em primeiro lugar, um serviço de informação sobre a vida da Igreja, juntamente com oportunos subsídios de documentação e de aprofundamento sobre as iniciativas eclesiais e sobre os seus conteúdos. Depois, considerando a sua vasta difusão a nível local, os semanais diocesanos concorrem validamente para permear as famílias, as paróquias e as cidades com os valores cristãos que formam grande parte do património espiritual do povo italiano. Penso, em particular, na tutela da vida humana na sua integridade; além disso, penso no matrimónio e na família, que uma mal-entendida cultura dos "direitos pessoais" tende a desnaturar; por fim, penso nos valores da verdade, da justiça e da solidariedade.

3. Caríssimos Irmãos e Irmãs, obrigado pelo serviço que, com os vossos jornais, prestais à edificação da "civilização do amor". Na época da comunicação global, esta vossa missão torna-se sempre mais difícil. Caríssimos, não desanimeis perante as dificuldades que encontrardes. Continuai com empenho a anunciar o Evangelho da verdade e da esperança dos "púlpitos" singulares que são os vossos semanários diocesanos, permanecendo sempre abertos às grandes perspectivas da Igreja universal.

4. Para poder cumprir plenamente esta vossa missão tende a preocupação de que não vos falte, primeiro a vós, o necessário alimento espiritual da oração e de uma vida sacramental intensa. Além disso, preocupai-vos por enriquecer a vossa formação ética e cultural, para que as vossas convicções se mantenham em sintonia com o Evangelho e não se deixem desviar por perniciosas tendências dominantes de uma certa cultura moderna.

Que a Virgem Imaculada vos proteja; São Francisco Xavier, padroeiro das missões, do qual se celebra hoje a memória litúrgica, interceda por vós. Garanto-vos a minha recordação na oração e a todos vós, juntamente com os vossos queridos, concedo de coração a Bênção Apostólica.

 

top