The Holy See
back up
Search
riga

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II
AO MAGNÍFICO REITOR DA UNIVERSIDADE DE BOLONHA
 NA RECEPÇÃO DO "SIGILLUM MAGNUM"
DA "ALMA MATER STUDIORUM"

 

Ao Excelentíssimo Senhor Prof. PIER UGO CALZOLARI
Magnífico Reitor da Universidade de Bolonha

É com profunda gratidão que recebo o acto de homenagem da Universidade de Bolonha que, por ocasião do XXV aniversário de Pontificado, desejou conferir-me o "Sigillum Magnum" da "Alma Mater Studiorum". Sinto-me particularmente honrado por este precioso reconhecimento, considerando o facto de que o Ateneu bolonhês é um dos mais antigos e famosos do mundo. O ambiente universitário e, de maneira especial, os jovens estudantes, ocuparam sempre um lugar privilegiado na minha solicitude pastoral. Foi a eles que dediquei com entusiasmo não poucas energias do meu Sacerdócio e do meu Episcopado. Além disso, como Bispo de Roma, nunca deixei de me encontrar com as comunidades académicas em todas as ocasiões propícias, não somente em Roma e na Itália, mas também durante as minhas viagens apostólicas.

Ampliando ainda mais o horizonte, é-me grato pensar que o presente atestado de estima é motivado pela singular atenção por mim reservada à cultura e à sua importância fundamental para a promoção do homem e do progresso histórico. "Genus humanum arte et ratione vivit":  foi aquilo que tive a oportunidade de afirmar no ano de 1980, em Paris, ao dirigir-me aos membros da UNESCO (cf. Insegnamenti, III, 1 [1980], pág. 1649, n. 17), e que agora reitero a Vossa Excelência, Magnífico Reitor, dirigindo-me deste modo idealmente a toda a comunidade da "Alma Mater Studiorum" de Bolonha. Existe uma reciprocidade inseparável entre a educação do homem e a cultura:  com efeito, se a pessoa humana se educa em função da qualidade da cultura em que vive, é igualmente verdade que o valor da cultura se há-de medir a partir da sua capacidade de levar o homem a crescer,  segundo  a  sua  excelsa  vocação, ou  seja,  ajudando-o  a  tornar-se cada vez mais homem (cf. ibid., pág. 1644, n. 11).

Por conseguinte, enquanto renovo a expressão do meu reconhecimento pela dádiva do "Sigillum Magnum", que conservarei sempre como um singular documento dos vínculos que me unem ao mundo universitário, encorajo Vossa Excelência e todo o Senado Académico a fazer com que a actividade científica e cultural  seja  motivada  sempre  por uma sincera paixão pelo homem e orientada para a sua promoção harmónica e integral.
Tendo em vista esta finalidade, asseguro uma particular lembrança na oração e, de muito bom grado, invoco sobre Vossa Excelência, assim como sobre os Professores e os Estudantes da Universidade dos Estudos de Bolonha, as copiosas bênçãos celestiais.

Vaticano, 3 de Julho de 2004.

JOÃO PAULO II

 

 

top