The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
A UMA DELEGAÇÃO DA REPÚBLICA DA MACEDÓNIA
VINDOS PARA A FESTA DOS SANTOS CIRILO E METÓDIO

24 de Maio de 2004

 

Senhor Presidente
Ilustres Senhoras e Senhores

1. É-me grato dar-vos as boas-vindas ao Vaticano, durante a vossa visita a Roma, para a tradicional homenagem de afecto que vós prestais aos Santos Cirilo e Metódio, Apóstolos dos Povos Eslavos, cuja memória está conservada na venerável Basílica de São Clemente.

Estendo a Vossa Excelência, Senhor Presidente, as minhas cordiais saudações e os meus sinceros parabéns pelo cargo que, recentemente, foi lhe confiado, ao serviço da sua nação. O meu pensamento dirige-se a todas as pessoas que o acompanham, aos representantes das Igrejas e a toda a comunidade nacional, que conservo no meu coração.

2. O vosso país confirmou sabiamente o seu compromisso no seguimento do caminho da paz e da reconciliação. E este é um crédito para todos os vossos cidadãos, além de constituir um encorajamento a continuar ao longo desta mesma vereda. O diálogo e a busca de harmonia permitir-vos-ão dedicar todos os recursos humanos e espirituais em vista de alcançar o progresso material e moral do vosso povo, num espírito de frutuosa cooperação com os países vizinhos.

Os vossos olhos estão legitimamente voltados para a Europa. As vossas tradições e a vossa cultura pertencem ao espírito que imbui este Continente. Formulo votos para que, verdadeiramente, as vossas aspirações recebam a justa consideração e que os cidadãos da vossa República possam, um dia, ser plenos membros de uma Europa unida, em que cada povo se sinta em casa e plenamente valorizado.

3. Com a certeza das minhas preces por todos vós e pelo povo da Macedónia, imploro sobre vós as bênçãos do Altíssimo como penhor de prosperidade e de paz.

 

© Copyright 2004 - Libreria Editrice Vaticana 

 

top