The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
ÀS IRMÃS DE SANTA ISABEL
POR OCASIÃO DO CAPÍTULO GERAL

Segunda-feira, 15 de Novembro de 2004

 

Caríssimas Irmãs!

1. Estou-vos cordialmente grato pela visita de hoje, que tem lugar durante o Capítulo Geral da vossa Família religiosa. Saúdo com afecto cada uma de vós aqui presentes. De modo particular saúdo a nova Superiora-Geral, Madre Samuela Werbinska, com o seu Conselho e agradeço-lhe as gentis palavras que me dirigiu. Faço o meu pensamento extensivo a todas as Coirmãs comprometidas activamente no testemunho do Evangelho da caridade nas diversas nações.

2. Tivestes a ocasião de reflectir, nestes dias, sobre o carisma que vos distingue. Quando, nos meados de 1800, as vossas Fundadoras, Clara Wolff, Matilde e Maria Merkert e Francisca Werner, começaram a servir os "membros do Corpo de Cristo que sofriam" na cidade de Nysa, na Polónia, tinham como meta e programa do seu apostolado as palavras de Jesus: "Sempre que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim mesmo o fizestes" (Mt 25, 40). Inspirando-se no exemplo de Santa Isabel da Hungria, escolhida como padroeira da nova Congregação, elas dedicaram-se totalmente aos pobres e aos necessitados, contemplando no seu rosto o rosto do Redentor.

A partir de então o vosso Instituto cresceu notavelmente e hoje olha com confiança para o futuro, alargando-seadiversasregiõesdomundo.

3. "Duc in altum!". É o tema que escolhestes para o Capítulo Geral. O vosso apostolado, queridas Irmãs, será tanto mais eficaz quanto mais permanecerdes ancoradas às vossas raízes carismáticas. Segui o exemplo das vossas Fundadoras, que mantiveram um diálogo íntimo com o Senhor. Cada um dos vossos projectos apostólicos brotam de uma comunhão incessante com Ele. Cultivando uma intensa vida de oração e de escuta de Deus, ser-vos-á mais fácil garantir aos irmãos e às irmãs em dificuldade não só o apoio material, mas também o conforto espiritual.

4. Estais a estudar, nestes dias, o modo de responder com "fidelidade criativa" aos desafios da sociedade de hoje. É necessário recomeçar de Cristo e testemunhar, de modo simples e concreto, o seu amor misericordioso por todos, de modo especial por quantos, à margem da nossa sociedade, são considerados os "derrotados" da vida.

A Virgem Mãe do Senhor vos acompanhe e proteja sempre; intercedam por vós Santa Isabel da Hungria e os vossos Santos protectores. Garanto-vos uma especial recordação na oração e abençoo-vos de coração, queridas Irmãs, toda a vossa Congregação, os leigos da Comunidade apostólica de Santa Isabel, assim como quantos encontrardes no vosso apostolado quotidiano.

 

top