The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AOS PEREGRINOS CROATAS
NO XVII CENTENÁRIO DO PADROEIRO,
SÃO DOMNIO

 1 de Outubro de 2004

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs!

1. Sinto-me feliz por dirigir a minha cordial saudação a todos vós, que viestes em peregrinação a Roma por ocasião  do XVII centenário  do  Martírio de São Domnio, Padroeiro da vossa Comunidade diocesana e da Cidade de Espálato.

Saúdo com afecto o vosso Arcebispo, D. Marian Barisic, ao qual agradeço as palavras que me dirigiu também em nome de todos vós. Juntamente com ele saúdo o vosso Arcebispo Emérito, D. Ante Juric. E saúdo D. Frane Franic, presente espiritualmente. Dirijo uma saudação também aos sacerdotes. Dirijo de igual modo o meu deferente pensamento ao Presidente da Câmara Municipal de Espálato, ao Presidente do condado de Espálato-Dalmácia e às demais Autoridades que vieram aqui.

A vossa presença oferece-me a oportunidade de recordar com prazer o caloroso acolhimento, que me destinastes durante a minha Visita pastoral à vossa Arquidiocese, a 4 de Outubro de 1998.

2. Provindo dos lugares onde São Domnio e os demais Mártires das vossas regiões testemunharam Cristo, desde os primeiros séculos até aos nossos dias, viestes junto dos Túmulos dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo e dos demais Mártires de Roma. Quisestes manifestar desta forma a vossa adesão à fé que eles mesmos professaram.

Esta adesão exige um compromisso de constante fidelidade a Cristo e à Igreja para um testemunho corajoso e coerente na família, nos lugares de estudo e de trabalho e nos restantes ambientes da sociedade. Por conseguinte, esforçai-vos por promover um humanismo cristão coerente em qualquer manifestação da vossa vida, tanto privada como pública. Sirva-vos de guia e de amparo o heróico São Domnio e os restantes Mártires que, estimulados por uma sólida fé em Cristo, se entregaram a si mesmos pelo bem dos irmãos.

3. Assista-vos com a sua protecção materna a Bem-Aventurada Virgem, Rainha dos Mártires, e acompanhe-vos sempre a intercessão do vosso Padroeiro celeste.

Sobre cada um de vós, sobre as vossas famílias, a vossa Arquidiocese, assim como sobre a vossa amada Pátria desça a abundância das graças divinas, das quais quer ser penhor a Benção Apostólica que vos concedo de coração.

Louvados sejam Jesus e Maria!

 

 

top