The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
ÀS IRMÃS DE NOSSA SENHORA
REUNIDAS PARA A REALIZAÇÃO
DO XI CAPÍTULO GERAL

Segunda-feira, 11 de Outubro de 2004

 

Queridas Irmãs

É com afecto no Senhor que saúdo todas as participantes no XI Capítulo Geral da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora, e rezo para que durante estes dias de deliberação, o Espírito Santo infunda em vós a alegria de trabalhar em conjunto numa verdadeira comunhão de coração e mente, enquanto vos abençoo com a abundância da graça e da sabedoria.

A Fundadora da vossa Congregação, Ir. Maria Aloysia, que se formou na rica tradição da vossa Madre espiritual, Santa Júlia Billiart, deu vida a um novo Instituto religioso, totalmente inspirado e sustentado pelo amor providencial de Deus.

Depois de um determinado tempo de serviço generoso dedicado ao próximo, ela conseguiu compreender que o amor misericordioso de Deus pelos seus filhos podia brilhar de modo ainda mais resplandecente, numa vida totalmente consagrada ao Senhor. Desde o princípio, ela compreendeu que a santidade pessoal e a missão constituem aspectos inseparáveis do compromisso radical a seguir Cristo.

A celebração do vosso Capítulo e, de modo especial, a tarefa de rever as vossas Constituições, oferecem-vos a oportunidade para renovar a vossa fidelidade a esta mesma visão e ao carisma particular da vossa Fundadora, expresso na vossa espiritualidade e nas vossas tradições vivas. Este exame, empreendido na abertura sincera ao Espírito Santo, há-de ajudar-vos a determinar aqueles aspectos do vosso Instituto, que deveriam ser revigorados de maneira a dar um testemunho cada vez mais luminoso do amor infalível de Deus. Por conseguinte, encorajo-vos a continuar a corresponder com alegria à vossa vocação à santidade, na perfeição da caridade e, segundo as vossas próprias tradições, a valorizar aquele ascetismo próprio das pessoas consagradas, "de que elas têm necessidade para dilatar o coração e para o abrir ao acolhimento do Senhor e dos seus irmãos e irmãs (cf. Vita consecrata, 38). Anunciai a Boa Nova com eficácia, sendo plenamente aquilo que já sois e levando esta realidade a todos os povos.

Minhas estimadas Irmãs, o Capítulo Geral constitui uma exortação a recuperar o dinamismo primordial do espírito da vossa Fundadora e a "fazer-vos novamente ao largo" (cf. Lc 5, 4). Que Maria, nossa Mãe, modelo de vida consagrada, vos inspire e vos sustente. Enquanto vos asseguro a lembrança constante nas minhas orações, é do íntimo do coração que concedo a minha Bênção Apostólica a todos os membros da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora.

 

 

top