The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AOS PARTICIPANTES NO CAPÍTULO GERAL
DA SOCIEDADE DO APOSTOLADO CATÓLICO
(PALOTINOS)

Quinta-feira, 14 de Outubro de 2004

Caríssimos Irmãos

1. É com grande alegria que vos recebo, por ocasião do Capítulo Geral da Sociedade do Apostolado Católico, nascida do grande amor de São Vicente Pallotti. Dirijo a cada um a minha cordial saudação. Em particular, saúdo o novo Reitor-Geral, Pe. Fritz Kretz, a quem agradeço as amáveis palavras com que desejou apresentar-me as perspectivas futuras da vossa Família religiosa. Dirijo o meu pensamento ao novo Regime Geral e a todos os Irmãos da comunidade, que trabalham generosamente em várias regiões do mundo inteiro.

2. Durante a Assembleia Geral, reflectistes sobre alguns desafios religiosos que o Instituto deve enfrentar neste momento histórico. Em particular, salientastes melhor o serviço que a vossa Sociedade é chamada a prestar, no âmbito da União do Apostolado Católico. Vós, Sacerdotes e Irmãos Religiosos Palotinos, sois como o tronco da árvore frondosa que, mediante a participação dos leigos na intuição carismática originária, estende os seus ramos pelos diversos ambientes sociais, em vista de os animar com um autêntico espírito evangélico. Para desempenhar esta missão, é necessário conservar-se solidamente arraigados em Cristo, que São Vicente Pallotti amou e serviu com uma fidelidade heróica. É somente sob estas condições que as vossas Comunidades serão "células vivas de inspiração e de actividade palotinas".

3. Esta fidelidade ao espírito das origens exige de vós uma formação constante e um anseio missionário partilhado. Somente pessoas totalmente orientadas para a busca de uma "medida alta" da vida cristã podem realizar opções pastorais de grande eficácia apostólica. Que no fundamento de tudo haja uma intensa oração e uma vida sacramental assídua, centralizada na Eucaristia. A espiritualidade e o apostolado, a formação e a missão constituem as duas características daquela única perfeição evangélica, que transparece de maneira exemplar na existência de São Vicente Pallotti.

Caríssimos, enquanto vos confio à intercessão celestial do vosso Fundador e à salvaguarda maternal de Maria, Rainha dos Apóstolos, concedo-vos de todo o coração, assim como a toda a Família Palotina, uma especial Bênção Apostólica.

 

top