The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
AOS DIRIGENTES, PILOTOS, MECÂNICOS
E OPERÁRIOS DA "FERRARI"

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2005

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs!

1. Sinto-me feliz por receber cada um de vós, representantes da grande "família" da Ferrari, que ao longo dos anos totalizou sucessos e troféus. Em particular congratulo-me convosco pela vitória no recente campeonato mundial.

Saúdo-vos a todos com afecto: dirigentes, pilotos e técnicos, que viestes para me entregar o "modelo" do carro da Fórmula1. Saúdo especialmente o Presidente Luca di Montezemolo, e agradeço-lhe as palavras que me dirigiu em vosso nome. Dirijo um pensamento afectuoso aos funcionários, aos operários que em Maranello estão unidos a nós através da televisão. Chegue a todos a minha saudação mais cordial.

2. Queridos amigos da Ferrari! A vossa presença oferece-me a oportunidade de realçar como é importante o desporto na sociedade de hoje. A Igreja considera a actividade desportiva, praticada no respeito total das regras, um válido instrumento educativo especialmente para as jovens gerações.

Além disso, a Ferrari, como há pouco realçou o vosso Presidente, é uma singular "comunidade de homens", dentro da qual vigora grande entendimento. É sobretudo ao entusiasmo que deriva do espírito comunitário que ela deve os seus notáveis resultados desportivos e industriais. Caríssimos, continuai a cultivar este estilo de trabalho, e fazei do crescimento constante na solidariedade um dos vossos principais objectivos. Desta forma difundireis os valores do desporto e contribuireis, ao mesmo tempo, para construir uma sociedade mais justa e solidária.

3. Com estes sentimentos, enquanto garanto a vós e às vossas famílias uma particular recordação na oração, concedo de bom grado a todos a minha Bênção.

 

Copyright © Libreria Editrice Vaticana

top