The Holy See
back up
Search
riga

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II
POR OCASIÃO DO ENCONTRO DE ORAÇÃO
DA III JORNADA EUROPEIA DOS UNIVERSITÁRIOS

 

Caríssimos jovens universitários

1. Dirijo a minha cordial saudação a todos vós, reunidos na Sala Paulo VI para uma vigília mariana.

Não posso estar presente no meio de vós, mas estou igualmente próximo de vós com o afecto e a oração. Faço a minha saudação extensiva aos vossos coetâneos que, por ocasião da III Jornada Europeia dos Universitários, participam em tal encontro através de especiais ligações televisivas.

Bari, na Itália, e depois Berlim, Bucareste, Lisboa, Zagrábia, Londres, Tirana, Madrid e Kiev: a Europa está idealmente comprometida neste importante momento de oração e de reflexão, em preparação para a próxima Jornada Mundial da Juventude, que terá lugar precisamente no coração do Continente europeu, em Colónia.

2. Estou feliz por terdes desejado, como estudantes, oferecer a vossa contribuição específica para a preparação de um encontro tão significativo da juventude mundial com esta vossa reunião, que tem como tema: "A busca intelectual como caminho para encontrar Cristo". Não existe contradição entre a fé e a razão. É o que demonstra também a experiência dos santos Magos, que chegaram a Belém, recorrendo a ambas estas dimensões do espírito humano: a inteligência, que perscruta os sinais; e a fé, que leva a adorar o mistério. Para enfrentar a longa e cansativa viagem em busca do Messias, não bastava a razão; era necessária também a fé, sob o sinal da estrela, para chegar à meta.

A esperança e o desejo ardente dos Magos não foram vãos. Em Belém, eles procuraram o Menino Jesus e, quando chegaram à sua frente, a inteligência teve necessidade da fé, para reconhecer naquele humilde Filho do homem o Messias, esperado e preanunciado pelos profetas ao longo do Antigo Testamento.

3. Caríssimos jovens, sede animados sempre pelo anseio de descobrir a verdade da vossa existência. A fé e a razão sejam as duas asas que vos hão-de conduzir até Cristo, verdade de Deus e verdade do homem. Nele encontrareis a paz e a alegria. Que Cristo constitua o fulcro de toda a vossa existência. Estes são os meus sinceros bons votos, que formulo a todos do íntimo do coração, acompanhando-os com a certeza da minha oração.

Neste primeiro sábado do mês confio-vos, de modo especial, à guia maternal de Maria Santíssima: que Ela vos ensine a seguir fielmente Jesus até à Cruz e vos leve a experimentar a alegria da Ressurreição.

Com estes sentimentos, abençoo-vos a todos. Feliz Páscoa e boa caminhada rumo a Colónia!


Policlínica "Gemelli", 5 de Março de 2005.

 

Copyright © Libreria Editrice Vaticana

 

top