The Holy See
back up
Search
riga

PAPA PAULO VI

REGINA CÆLI

Domingo, 3 de Maio de 1970

 

São Leonardo Murialdo

Proclamámos Santo, isto é, canonizámos um sacerdote de Turim, Leonardo Murialdo, do século passado e fundador da Congregação de São José, a qual, seguindo o exemplo e o espírito do Santo, se dedica de modo especial à educação e à formação dos jovens, principalmente das famílias trabalhadoras.

Murialdo merecia ser proposto à veneração da Igreja e à imitação dos homens do nosso tempo. Ele oferece-nos um exemplo de elevadíssimo valor que hoje deveria ser imitado. Devemos ter muito amor e solicitude pelos jovens da nossa sociedade industrial. Devemos compreender os problemas sociais que nascem da aplicação da ciência e da técnica ao trabalho, e que exigem compreensão e solução para a vida nova da sociedade. Devemos sentir as exigências que as categorias menos abastadas da população, os pobres, os desempregados, e todos os necessitados têm de uma justiça progressiva.

É preciso promover um desenvolvimento económico e social digno do homem. E preciso dar aos que trabalham, aos que sofrem e aos que são de condição humilde, o sentido e a protecção da sua pessoa humana. E preciso conservar e infundir no povo a consciência da sua vocação, para conquistar não só os bens económicos, mas também os bens superiores, da cultura, da fé, da vida espiritual, moral e religiosa. E tudo isto por amor, pelo amor que Cristo difundiu no mundo e que nos ensinou a praticar em todas as relações humanas e sociais.

E isto que distingue a sociologia cristã, e foi isto que S. Leonardo Murialdo já havia feito, no século passado, com a sua palavra e com a sua obra. Procuremos seguir os seus passos tendo-o como guia e protector.

 

 

top