The Holy See
back up
Search
riga

A SANTA SÉ RATIFICA O
TRATADO SOBRE A
PROIBIÇÃO GLOBAL DAS
EXPERIÊNCIAS NUCLEARES

18 de Julho de 2001

 

 


Ao ratificar o Tratado sobre a Proibição Global das Experiências Nucleares (C.T.B.T.), adoptado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas no dia 10 de Setembro de 1996 e assinado pela Santa Sé a 24 de Setembro desse mesmo ano, a Santa Sé deseja repetir aquilo que disse, quando incluiu a sua assinatura: "A Santa Sé está convicta de que, no campo dos armamentos nucleares, a proibição das experiências e do ulterior desenvolvimento de tais armas, o desarmamento e a não-proliferação das armas estão estreitamente vinculados entre si e devem ser realizados quanto antes, sob controles internacionais efectivos".

Em conformidade com a natureza e a condição singular do Estado da Cidade do Vaticano, mediante esta ratificação a Santa Sé procura progredir na promoção genuína de uma cultura da paz, fundamentada no primado da lei e do respeito pela vida humana. No início do terceiro milénio, a promoção de um sistema de desarmamento global e completo, capaz de instaurar um clima de confiança, cooperação e respeito entre todos os Estados, representa um aspecto indispensável para a realização concreta de uma cultura da vida e da paz.

Oferecendo o seu apoio moral ao Tratado sobre a Proibição Global das Experiências Nucleares, através deste solene acto de ratificação, a Santa Sé encoraja a Comunidade internacional inteira, consciente dos vários desafios que se apresentam no caminho do desarmamento nuclear, a intensificar os seus esforços para garantir a realização do mencionado Tratado.


top