The Holy See
back up
Search
riga

CARTA DO PAPA BENTO XVI
AO CARDEAL ALFONSO LÓPEZ TRUJILLO
PARA RENOVAR A CONVOCAÇÃO
DO V ENCONTRO MUNDIAL DAS FAMÍLIAS
 A SER REALIZADO EM VALÊNCIA
 

 

Ao Senhor Cardeal ALFONSO LÓPEZ TRUJILLO
Presidente do Pontifício Conselho para a Família

O venerado Santo Padre João Paulo II convocou, a 22 Fevereiro deste ano, o V Encontro Mundial das Famílias em Valência, Espanha, escolhendo como tema:  "A transmissão da fé na família" e indicando como data a primeira semana de Julho do ano de 2006.

É-me grato renovar a convocatória deste importante Encontro Mundial das Famílias. Em relação a isto, proponho-me estimular, como fez João Paulo II, "à maravilhosa novidade" (FC 51), o "Evangelho da Família", cujo valor é central para a Igreja e para a sociedade. Eu próprio tive a oportunidade de ser o Relator-Geral da Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos sobre a Família, celebrado em Roma em 1980. Fruto dessa Assembleia foi a Exortação apostólica Familiaris consortio, que analisa profundamente a identidade e a missão da família, a qual qualifica como "igreja doméstica" e santuário da vida.

Todos os povos, para dar um rosto verdadeiramente humano à sociedade, não podem ignorar o bem precioso da família, fundada sobre o matrimónio. "A aliança matrimonial, pela qual o homem e a mulher constituem entre si uma comunhão da vida toda, é ordenada por sua índole natural ao bem dos cônjuges e à geração e educação da prole" (Cân. 1055), é o fundamento da família, património e bem comum da humanidade. Assim, a Igreja não pode deixar de anunciar que, de acordo com os planos de Deus (cf. Mt 19, 3-9), o matrimónio e a família são insubstituíveis e não admitem outras alternativas.

A família cristã tem, hoje mais do que nunca, uma missão nobilíssima e iniludível, como a de transmitir a fé, que requer a entrega a Jesus Cristo, morto e ressuscitado, e a inserção na comunidade eclesial. Os pais são os primeiros evangelizadores dos filhos, dom precioso do Criador (cf. GS, 50) começando pelo ensinamento das primeiras orações. Vai-se construindo assim um universo moral enraizado na vontade de Deus, no qual o filho cresce nos valores humanos e cristãos que dão pleno sentido à vida.

Nesta ocasião, apraz-me enviar a minha cordial saudação a D. Agustín García-Gasco Vicente, Arcebispo de Valência, Igreja particular que prepara este Encontro eclesial e que acolherá as famílias do resto da Espanha e de outros países.

Desde já recomendo ao Senhor e abençoo as famílias que participarão ou se unirão espiritualmente a este Encontro. Que a Virgem Maria, nossa Mãe, que acompanhou o seu Filho nas Bodas de Caná, interceda por todos os lares do mundo.


Vaticano, 17 de Maio de 2005.

PAPA BENTO XVI

© Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana

 

top