The Holy See
back up
Search
riga

CARTA DO PAPA BENTO XVI
AO CARDEAL JEAN-LOUIS TAURAN
POR OCASIÃO DA PUBLICAÇÃO DO FAC-SÍMILE
DO "MENOLÓGIO DE BASÍLIO II" 

 

Ao Senhor Cardeal JEAN-LOUIS TAURAN
Arquivista e Bibliotecário da Santa Igreja Romana


Foi com interesse que tomei conhecimento da colaboração instaurada entre a Biblioteca Apostólica Vaticana e a Igreja Ortodoxa da Grécia para a publicação do "Menológio de Basílio II", cujo manuscrito está conservado na Biblioteca Apostólica Vaticana, e estou-lhe grato por ter vigiado pelo bom andamento das diferentes etapas deste projecto.

Dado que Vossa Eminência vai participar no encontro em Atenas para a primeira apresentação oficial do fac-símile do manuscrito, encarrego-o de expressar a Sua Beatitude Christodoulos, Arcebispo de Atenas e de toda a Grécia, os meus sentimentos cordiais e fraternos, e a minha plena satisfação por este acontecimento importante, fruto dos novos relacionamentos tecidos depois da inesquecível visita a Atenas do meu venerado Predecessor, Sua Santidade o Papa João Paulo II, por ocasião da sua peregrinação jubilar seguindo os passos do Apóstolo São Paulo. Alegro-me profundamente por ver que se desenvolve cada vez mais uma cooperação mais activa entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa da Grécia.

Nesta ocasião, encarrego-o de comunicar a Sua Beatitude Christodoulos a alegria que eu sentiria de o receber em Roma, para demonstrarmos juntos que foi alcançada uma nova etapa neste caminho de reconciliação e de cooperação. Confirme-lhe o meu profundo desejo de desenvolver com mais intensidade os relacionamentos confiantes e fraternos entre nós, a fim de trabalharmos juntos nos numerosos campos da evangelização:  poderíamos ajudar sobretudo com mais vigor as nações europeias a reafirmar as suas raízes cristãs, para encontrar nela a linfa nutritiva e fecunda, para o seu futuro, para o bem das pessoas e de toda a sociedade. Seria uma forma de anunciar juntos a Boa Nova de Cristo ao mundo contemporâneo, que tem tanta necessidade dele.

Desta forma responderíamos cada vez mais ao desejo ardente expresso pelo próprio Senhor: "Para que todos sejam um" (cf. Jo 17, 21), até ao dia abençoado em que, quando Deus quiser e sob a guia solícita do Espírito Santo, poderemos celebrar a plena comunhão reencontrada.

Peço-lhe também que saúde cordialmente em meu nome os Membros do Santo Sínodo da Igreja Ortodoxa da Grécia, assim como os meus irmãos Bispos da Igreja Católica, Sua Excelência o Senhor Presidente da República da Grécia e demais personalidades reunidas nesta circunstância.

Com estes sentimentos de confiança e esperança, dirijo-lhe votos calorosos de pleno êxito da sua missão. Ao invocar sobre a sua pessoa a intercessão benévola da Mãe de Deus, concedo-lhe, Senhor Cardeal, uma particular e afectuosa Bênção Apostólica.

Vaticano, 27 de Outubro de 2005.

PAPA BENTO XVI

© Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana

top