The Holy See
back up
Search
riga
PALAVRAS DE AGRADECIMENTO DO PAPA BENTO XVI
AOS FIÉIS DE VAL BADIA PELA OFERTA
DA ÁRVORE DE NATAL DA PRAÇA DE SÃO PEDRO

Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2007

Queridos irmãos e irmãs!

Obrigado pela vossa visita! Recebo de bom grado o dom que me trouxestes: a árvore de Natal que, juntamente com a manjedoura, que está a ser construída, enfeita a Praça de São Pedro. Saúdo de todo o coração cada um de vós, começando pelo chefe do governo regional do Sul Tirol, o Dr. Luís Durnwalder, e pelos presidentes de S. Martin de Tor, aos quais agradeço também as palavras afáveis com que expressaram os sentimentos comuns. Saúdo com respeito as autoridades civis do Sul Tirol, os representantes dos cinco municípios de Val Badia e quantos vieram aqui para fazer conhecer elementos típicos da terra do Gader mediante os costumes tradicionais, a música sugestiva e os produtos locais. Saúdo de todo o coração o Bispo Wilhelm Egger e agradeço-lhe as palavras fraternas que há pouco me dirigiu. Com ele saúdo também os sacerdotes e os conselhos paroquiais e incluo de bom grado também todos os habitantes de Val Badia aqui hoje representados.

Sei que todos os habitantes de Val Badia colaboraram na preparação deste particular acontecimento, de modo especial os estudantes que participaram no concurso de pintura. "A árvore de Natal no Vaticano". A todos agradeço pela oferta deste pinheiro-alvar vermelho e também das outras árvores que contribuíram para criar no Vaticano uma atmosfera natalícia. Que esta bela iniciativa possa despertar em todos os cristãos de Val Badia o desejo de testemunhar os valores da vida, do amor e da paz que a solenidade do nascimento de Cristo nos recorda ano após ano!

Portanto, este ano a árvore de Natal da Praça de São Pedro provém do Trentino-Alto Ádige, e precisamente dos bosques de Val Badia, o Gran Ega, maravilhoso vale aberto e solar, situado aos pés dos Dolomitas, contornado de cumes encantadores com a característica forma recortada típica daquelas montanhas. Este antigo pinheiro, cortado sem causar danos à vida do bosque, adequadamente decorado, permanecerá ao lado do Presépio até ao final das festas de Natal para ser admirado pelos numerosos peregrinos que virão de todas as partes do mundo, nos próximos dias, ao Vaticano. Significativo símbolo do Natal de Cristo, porque com as suas folhas sempre verdes recorda a vida que não morre, o pinheiro-alvar é também símbolo da religiosidade popular do vosso vale que se exprime de modo particular nas procissões.

Mantende vivas estas bonitas tradições tão sentidas, e comprometei-vos a torná-las cada vez mais manifestações de uma vida cristã autêntica e laboriosa. Neste esforço de testemunho evangélico seja para vós exemplo São José Freinademetz, filho ilustre da vossa Terra. Nele, zeloso missionário entre o povo chinês, o génio espiritual ladino manifestou um dos seus frutos mais maduros de santidade.

Queridos amigos, a árvore e o presépio são elementos daquele clima típico do Natal que faz parte do património espiritual das nossas comunidades. É um clima de religiosidade e de intimidade familiar que devemos conservar também nas hodiernas sociedades, onde por vezes parecem prevalecer a corrida ao consumismo e a busca unicamente dos bens materiais. Natal é festa cristã e os seus símbolos entre eles especialmente o presépio e a árvore decorada com prendas constituem importantes referências ao grande mistério da Encarnação e do Nascimento de Jesus, que a liturgia do tempo do Advento e do Natal recorda constantemente. O Criador do Universo, fazendo-se menino, veio entre nós para partilhar o nosso caminho humano: fez-se pequeno para entrar no coração do homem e assim o renovar com a omnipotência do seu amor. Predisponhamo-nos portanto a recebê-lo com fé animada por uma esperança firme.

Queridos amigos! Mais uma vez desejo expressar o meu sentido agradecimento a todos vós, a quem vos ajudou em casa, aos promotores e a quantos se tornaram disponíveis para transportar a árvore.

Obrigado pela contribuição que cada um de vós deu com grande generosidade. Aproveito desta bela ocasião para vos formular votos sinceros para a solenidade do Natal e para os dias de festa natalícios. Com estes sentimentos garanto-vos que nas minhas orações me recordo de vós, das vossas famílias e da população de Val Badia e de toda a Diocese de Bolzano-Bressanone. Concedo-vos de coração a Bênção Apostólica.

Bun Nadé!

© Copyright 2007 - Libreria Editrice Vaticana

top