The Holy See
back up
Search
riga

PAPA JOÃO PAULO II

ANGELUS

3 de Agosto de 1997

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs!

1. Dirijo uma saudação cordial a todos vós aqui reunidos para a oração dominical do «Angelus». Em particular, saúdo e agradeço aos peregrinos que vieram visitar-me. A eles desejo que a permanência em Roma seja ocasião para renovar a fé em Cristo e conhecer mais em profundidade a história e a vida da Igreja.

Estamos a preparar-nos para o Dia Mundial da Juventude e, no decurso destes domingos, o meu pensamento dirige- se, com afecto especial, aos jovens do mundo inteiro que participarão no extraordinário encontro, programado para os dias 18-24 de Agosto, em Paris.

2. Caros jovens, espero-vos em Paris, onde será para mim uma grande alegria encontrar-vos e compartilhar convosco, na oração e na reflexão, a comum fé em Cristo, fonte de vida imortal. De todos os cantos do mundo a Igreja vê avançar uma nova geração, sedenta de verdade, de liberdade e de felicidade: sois vós, caros jovens, desejosos de vida interior e de diálogo com Cristo. Vós estais em busca de autênticos mestres e testemunhas, que vos indiquem a estrada da verdade e do amor. Às vezes interrogais-vos: «Quem nos ensinará a orar? Quem nos introduzirá no mistério vivificante da Boa Nova?». Olhai para quantos vos precederam no caminho árduo e apaixonante da fé e da santidade. Eles ajudar-vos-ão a compartilhar aquele mesmo testemunho de fé, que caracterizou a sua existência.

Tender à santidade, seguir Jesus na vida exigente do Evangelho — bem o percebeis — é aspecto fundamental de toda a existência cristã. O que é a santidade, senão entrar em relação profunda com Deus, Trindade de amor, e crescer na intimidade com Cristo, Filho de Deus encarnado? E uma autêntica ascese não contribui talvez para a unificação do ser interior, como também para o crescimento integral da pessoa?

3. Caros jovens, Cristo repete a cada um de vós: «Levanta-te e caminha!». Ele conta convosco, espera cada um de vós. Convida-vos a tomar consciência da vossa dignidade de pessoas, pelas quais derramou o Seu sangue. Ele vem ao vosso encontro no caminho da vida; perdoa-vos e oferece-vos como dom a Sua alegria e a Sua paz.

Neste itinerário de aprofundamento do Evangelho e de encontro com Cristo, está ao vosso lado a Mãe do Verbo encarnado. Contemplai Maria! Como Ela, sabei dizer «sim» ao chamamento do Senhor. Pedi-Lhe que vos guie nas opções de cada dia, para poderdes realizar a vossa vocação e viver plenamente na liberdade dos filhos de Deus.

 


Saudação em português

De coração, saúdo as pessoas e grupos de língua portuguesa: possa esta fé, que vos trouxe a Roma como peregrinos, ser a inspiradora constante da vossa existência! A todos sirva de conforto a minha Bênção.

 

 

© Copyright 1997 - Libreria Editrice Vaticana

 

top