The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

REGINA COELI 

Domingo, 28 de Maio de 2000

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs!

1. Na conclusão desta solene celebração, dirigimo-nos a Maria Santíssima, confiando-lhe os frutos do Jubileu da Diocese de Roma. A ela, Salvação do Povo Romano, pedimos que todos os habitantes de Roma nutram uma fé forte e um amor sincero por Jesus, único Salvador do mundo.

A ela, Senhora do Divino Amor, pedimos que os casais cristãos sejam fiéis à graça do Matrimónio e as famílias cresçam unidas e abertas à vida. A ela, Senhora da Confiança, recomendamos os jovens de Roma, para que descubram com alegria que a vida é vocação e se realiza na doação a Deus e aos irmãos.

2. Invoco a assistência de Maria Santíssima também para os próximos eventos jubilares: o Jubileu dos Migrantes e Itinerantes, que se realizará de quinta-feira 1 de Junho, a sábado dia 3, e o Jubileu dos Jornalistas, que domingo 4 de Junho me oferecerá a ocasião de encontrar numerosas pessoas empenhadas neste importante sector.

Numa perspectiva mais ampla, desejo recordar o Congresso Eucarístico Internacional, que iniciará a 18 de Junho e se concluirá no dia 25 com a grande celebração da tarde, aqui nesta Praça. Desde já convido os romanos a participarem em grande número, esperando ver sobretudo jovens da Primeira Comunhão.

3. A Nossa Senhora vos confio, peregrinos aqui presentes, em particular os que participam na Assembleia da Cruz Vermelha Italiana, os quais encorajo no empenho em favor dos mais frágeis e esquecidos. Saúdo também as crianças que, em Deruta, perto de Perúsia, deram vida à "Marcha dos Anjos". O mês de Maio está a terminar e concluir-se-á no dia 31 com a festa litúrgica da Visitação, que recorda precisamente a visita de Maria à sua prima Isabel. Nesse dia, um pouco em todas as partes, serão realizadas celebrações marianas, e também no Vaticano terá lugar a tradicional procissão, no fim da tarde, até à Gruta de Lurdes.

Em Lurdes, como também em Fátima, a Mãe de Deus dirigiu aos homens a mesma mensagem: oração e penitência, eco directo da admoestação evangélica: vigiai e rezai! Só desta forma a paz poderá triunfar nos corações: entre os homens e entre os povos. Respondamos todos, adultos, jovens, crianças e idosos ao apelo da Mãe celeste, a fim de que se multipliquem em Roma e em todas as partes do mundo os frutos do grande Jubileu.

 

© Copyright 2000 - Libreria Editrice Vaticana

 

top