The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II 

 ANGELUS

Domingo, 30 de Setembro de 2001

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs

1. Concluiu-se há pouco na Basílica de São Pedro a celebração que introduz os trabalhos da X Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos. Esta importante reunião eclesial, que se prolonga pelo mês de Outubro, mês missionário, mais propício do que qualquer outro para reflectir acerca da missão dos Bispos no âmbito da nova evangelização.

2. Outubro é o mês em que se venera Maria Santíssima, Rainha do Santo Rosário. No actual contexto internacional, convido todos pessoas individualmente, famílias e comunidades a recitar o Rosário, possivelmente todos os dias, pela paz, a fim de que o mundo seja preservado do iníquo flagelo do terrorismo. A terrível tragédia do passado dia 11 de Setembro será recordada como um dia tenebroso na história da humanidade. Perante isto, a Igreja deseja ser fiel ao seu carisma profético e chamar todos os homens ao seu dever de construir um futuro de paz para a família humana. Sem dúvida, a paz não está separada da justiça, mas deve ser sempre alimentada pela clemência e pelo amor.

Não podemos deixar de recordar que judeus, cristãos e muçulmanos adoram Deus como Único. Por conseguinte, as três religiões têm a vocação para a unidade e a paz. Deus se digne conceder que os fiéis da Igreja estejam na vanguarda na busca da justiça, na luta contra a violência e na edificação da paz. A Virgem Maria, Rainha da Paz, interceda por toda a humanidade, para que o ódio e a morte jamais sejam a última palavra!

3. Por fim, dirijo o meu pensamento às famílias italianas, ao aproximar-se o encontro que será realizado na Praça de S. Pedro no sábado 20 e domingo 21 de Outubro, por ocasião da Beatificação do casal Luís e Maria Beltrame Quattrocchi. Queridas famílias, é a primeira vez que dois esposos alcançam juntos, como casal, a meta da Beatificação, e numa circunstância tão feliz, espero a vossa participação verdadeiramente muito numerosa. Este acontecimento coincide com os vinte anos da publicação da Exortação apostólica Familiaris consortio, que realçou o papel da família, particularmente ameaçado na sociedade de hoje. Também na Itália, onde a família desde sempre foi ponto de referência e o recurso principal, aumenta a tendência para a desagregação e vêm ao de cima pressões para equiparar a instituição familiar fundada no matrimónio com outras formas de convivência. Por isto, é necessário que as famílias e as suas associações se tornem promotoras de uma nova estação de empenho por uma defesa eficaz dos valores familiares.

Maria, que nos preparamos para invocar com a recitação do Angelus, atenda estas múltiplas intenções da nossa oração de hoje.

 

© Copyright 2001 - Libreria Editrice Vaticana

 

top