The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE
NO ENCONTRO COM A PEREGRINAÇÃO
 JUBILAR DA ESLOVÉNIA

Quinta-feira, 26 de Outubro de 2000

 
 

Queridos peregrinos eslovenos


1. Acolho-vos com grande alegria na Basílica de São Pedro, por ocasião da vossa peregrinação do Ano Santo a Roma. Saúdo, antes de mais, o vosso Arcebispo Metropolitano, D. Franc Rodé, a quem agradeço as palavras com que interpretou os vossos sentimentos. Estendo a minha saudação também aos outros vossos Bispos, aos sacerdotes, aos religiosos e às religiosas, que vos acompanham. Além disso, saúdo todos vós que, com esta peregrinação, quisestes exprimir a vossa adesão ao Sucessor de Pedro.

Vejo neste encontro junto do túmulo do Príncipe dos Apóstolos a vossa resposta às minhas duas inesquecíveis viagens apostólicas na Eslovénia, durante as quais pude conhecer melhor a vossa Igreja e o vosso povo. Conservo sempre viva na alma a recordação da solene celebração, na qual tive a alegria de inscrever no álbum dos Beatos o Bispo António Martinho Slomsek, um dos muitos frutos de santidade da Igreja que está na Eslovénia.

2. A vossa presença na Cidade Eterna constitui o coroamento das celebrações jubilares nas vossas catedrais e noutras igrejas do vosso país. Nestes dias, estais a visitar as grandes Basílicas romanas para obter a indulgência jubilar; hoje, tendes o encontro com o Bispo de Roma e Sucessor de Pedro.

Dirijo-me a vós como Pastor universal e Pai, que vos acompanha com o amor e a oração, exortando-vos à fidelidade ao santo Evangelho e à santa Igreja católica.

Quereria recordar-vos aquilo que escrevi na Carta Apostólica Tertio millennio adveniente, ao anunciar o Ano Santo de 2000:  "O objectivo prioritário do Jubileu é suscitar em cada fiel um verdadeiro anseio de santidade, um forte desejo de conversão e renovamento pessoal num clima de oração cada vez mais intensa e de solidário acolhimento do próximo,  especialmente  do  mais  necessitado.  Deste  modo,  será  revigorado  o  vosso  testemunho  no  mundo" (cf. n. 42).

3. Exorto-vos também a uma maior coragem e a uma sadia consciência da vossa dignidade, que se deve manifestar também no compromisso público. Meio século de regime totalitário deixou em muitos cristãos um sentimento de inferioridade e de medo. É tempo de superar esta atitude de timidez! Com empenho, e em pé de igualdade, colaborai com todos os homens de boa vontade no campo da política e da economia, da cultura, da escola e dos mass media. Contribuireis assim para a consolidação de uma sociedade mais justa e solidária, que se inspira nos valores do Reino de Deus, "Reino da verdade e da vida, Reino da santidade e da graça, Reino da justiça, do amor e da paz" (Prefácio da Festa de Cristo Rei do Universo).

Exorto-vos, por fim, a pôr em prática com todo o impulso do coração e da alma as conclusões do Sínodo da Igreja na Eslovénia, que se realiza sob o lema "Escolhe a vida" (Dt 30, 19). O Sínodo é uma grande graça e uma ocasião histórica, que vos é dada pelo Senhor, para reflectirdes  com  serenidade  sobre  o vosso passado e a situação actual da Igreja, e para programardes o futuro com audácia.

4. Sobretudo, defendei a vida! Aqui está o problema crucial para a sobrevivência do povo esloveno. O Sínodo deveria infundir nos ânimos uma nova confiança e uma nova esperança na vida. Isto só é possível graças a um vínculo forte com o Deus vivo, que nos defende das forças da morte, graças ao contacto pessoal com Jesus Cristo, vindo "para que tenhamos vida em abundância" (Jo 10, 10), e graças à fidelidade ao seu Evangelho.

Como escrevi na Encíclia Evangelium vitae, "grata e humildemente conservai a consciência de ser o povo da vida e pela vida" (cf. n. 78), no âmbito tanto da família como da vida pública.
5. Na alegria deste encontro, neste ano de graça e de misericórdia, confio todos vós à protecção da Mãe de Deus. Do Santuário nacional de Brezje, Ela vos ampare com a sua intercessão materna e vos conduza a Jesus, o fruto bendito do seu seio. A Ele honra e glória nos séculos!

A vós aqui presentes e às vossas famílias  concedo  de  coração  a  Bênção Apostólica.

Deus abençoe a querida Eslovénia!

 

 

top